Começou – NYFW!

E o mês da moda acaba de começar já agitando as passarelas de NY! Um dos meus maiores sonhos é frequentar as semanas de moda internacionais! Imagina só que incrível a cidade fervendo, respirando moda, várias fashionistas e looks incríveis desfilando pela rua, muito fotógrafos, estilistas famosos e grifes renomadas, jornalistas e editoras de moda, modelos… ufa! Maaaas, enquanto não chego lá, vou acompanhando pro aqui tudinho que rola nos desfiles, bastidores e, claro, onde se faz a moda – nas ruas!
E a semana de moda de NY começou com o desfile da Calvin Klein e seu novo estilista Raf Simons. Mudança de estilista numa grife é sempre motivo de ansiedade e especulação nos bastidores do undo da moda. Afinal, não deve ser nada fácil assumir a frente de uma marca renomada, com um estilo definido, clientes fieis, enfim. É sempre uma expectativa ver o que virá de novo nas passarelas pensadas por aquele estilista recém-chegado.
E o que a Calvin Klein mostrou foi bem interessante. O ponto alto da coleção? A alfaiataria! principalmente aquela alfaiataria oversized e com uma pegada masculina. Teve muito terninho, coletão, calças retas e sapatos fechados.A inovação ficou por conta de cores fortes como verde, vermelho, roxo e azul.
Processed with MOLDIV

Processed with MOLDIV

Processed with MOLDIV

Mas também vimos algumas inovações bem interessantes no decorrer do desfile. Mangas bufantes de tricô em cores fortes, que tiravam um pouco da seriedade das peças de alfaiataria, casacos e vestidos de plástico e lindas aplicações e estampas florais, deram um pouco mais de feminilidade pra coleção da marca.

Processed with MOLDIV

Processed with MOLDIV

Processed with MOLDIV

Outra aposta da grife foram as transparências e os recortes estratégicos e super sensuais. Aliás, a transparência vem forte por aí! Devemos ver muito dela nas próximas coleções.

Processed with MOLDIV

Trazendo isso tudo pra vida real? Apostaria nos terninhos com um toque mais divertido, como um sapato colorido, nos acessórios transparentes e de plástico, como bolsas e sandálias e nas peças com recortes diferenciados.
E vocês? Curtiram o desfile? O que levariam pro seu armário e pro seu dia-a-dia?

Trend alert: calça fuseau

Nos últimos meses, a moda tem experimentado bastante uma pegada mais retrô, trazendo de volta tendências polêmicas e esquecidas dos anos 80 e 90, como as sobreposições, veludo, calça mommy, mules, dentre outras… E, nesses dias, outra tendência veio chamando minha atenção – A calça fuseau!
Não sabe que? Você pode até não conhecer o nome, mas existe uma grande chance de você já ter usado uma dessas há alguns anos atrás. Bom, pelo menos, eu já usei… minha mãe colocava quando não queria que a calça ficasse subindo pela perna. Lembrou? Isso mesmo! A calça fuseau é um tipo de legging que tem uma alça que fica presa no calcanhar, muito usada antigamente, principalmente em academias e roupas esportivas.
Aí você me pergunta, como que uma peça usada por crianças e em academias pode se tornar “fashion”? Boa pergunta… Vamos ver?

Processed with MOLDIV

Processed with MOLDIV

Processed with MOLDIV

O modelo clássico é a legging fuseau, na coloração preta, com a alça por dentro do sapato, geralmente um scarpin de modelagem clássica, também preto. Pra completar o look, uma terceira peça de destaque, como casaco e colete e pronto! Temos um look com calça fuseau digno de ser desfilado por aí.

Mas, é claro que essa não é a unica forma de usar a peça. Como toda tendência que retorna a moda, a calca fuseau veio repaginada, com novos tecidos, padronagens e novas formas de usar. A grife responsável por trazer a calça fuseau de volta aos holofotes foi a Balenciaga, que apresentou-a em tecidos mais fluidos, com estampas invernais e tecidos mais encorpados. A peça voltou a aparecer mais tarde nos desfiles de Versace e Marni, dessa vez com propostas mais coloridas, tecidos mais fluidos e uma pegada mais esportiva. Aliás, acho que a alta da tendência sport no street style foi a grande responsável por criar um terreno fértil pra disseminação da calça fuseau entre as fashionistas.

Processed with MOLDIV

Pra modificar o look basicão com legging e moleton/camiseta, que tal misturar a calça fuseau com uma sapatilha confortável, de preferência pontudinha? Look confortável e estiloso ao mesmo tempo.

Processed with MOLDIV

Processed with MOLDIV

Processed with MOLDIV

Como eu falei, a calça fuseau moderna vem em diferentes tecidos, cores e padronagens. Achei muito elegante a calça cenoura e também as em cores mais invernais, como o caqui e o verde musgo. Reparem também como em alguns looks a alça do pé está sendo usada POR FORA do sapato, outro truque de styling pra modernizar ainda mais a produção.

Processed with MOLDIV

Processed with MOLDIV

E nem a calça jeans escapou da trend… aqui, confesso a vocês que não curti muito… preferi os modelos com tecidos mais soltos e mais fluidos, com um ar mais de “alfaiataria” que deixam a produção bem mais elegante.

Além do clássico scarpin preto, a calça fuseau também combina muito bem com sapatos de outras cores e estilos, inclusive sandálias abertas, botas e flatforms!

Processed with MOLDIV

Processed with MOLDIV

Processed with MOLDIV

Me peguei admirando muitos os looks com sandálias de salto grosso e também com sapato branco! Já tô guardando aqui na minha pastinha de inspirações. E, se você acha que essa moda não pega de jeito nenhum, saiba que as gigantes Zara e Asos já estão vendendo suas versões de calça fuseau. Será que já chegaram na Zara daqui??? Eu estou inclinada a aderir a essa moda por uma simples questão de – conforto, afinal de contas tem coisa melhor que sai de casa usando legging???

Instagram da semana!!

Quem aí já me acompanha no insta?? (Segue lá @thefashionnouveau). Se vc respondeu sim a essa pergunta, sabe que estou adotando fazer mini vídeos mostrando um pouco da minha rotina, principalmente de makes e cuidados com a pele. São vídeos rápidos, de um minuto de duração, que, por isso, não ficam tão legais de serem postados no YouTube. Então, resolvi compartilhar um poucos desse vídeos aqui com vocês através de posts semanais – uma nova TAG pra quem perdeu alguma coisa que rolou no Instagram durante a semana. E semana passada teve muito vídeos bacana! Vamos ver?

Videozinho mostrando um olho com glitter dourado e um efeito ombré nos lábios usando sombra marrom + batom vermelho

Vídeo de boomerang mostrando e efeito mega natural que você consegue aplicando cílios por dentro do olho! Já falei mai sobre essa técnica nesse post AQUI

Vídeo mostrando a aplicação de um dos meus novos amores no queito batons – a linha MATE da marca Latika, que eu não conhecia e fiquei simplesmente apaixonada! Cores incríveis, fórmula incrível e preço camarado! Aguardem que vai ter post mais detalhado sobre eles por aqui.

Nesse vídeo mostro como usar o corretivo laranja pra disfarçar olheiras mais intensas. Também tô usando esse hidratante pros lábios de silicone que é, simplesmente MARAVILHOSO!! Aguardem post mais detalhado sobre ele também!

Pra finalizar, make simples com delineado gatinho, batom nude e um toque de glitter fininho pra finalizar!

Quer ver todos esses vídeos em primeira mão, além de mais dicas e looks? Me segue lá no instagram! @thefashionnnouveau (só clicar AQUI)

 

 

 

<

Usando o clip do Babyliss…

Você pode até não saber, mas existem diversas formas de usar um babyliss pra cachear suas madeixas… Virado pra baixo, virado pra cima, em sentido horário, anti-horário, usando ou não o famigerado clip de metal que vem junto do nosso acessório querido. Olhando de relance, você pode achar que o clip do babyliss é algo muito útil, que serve pra segurar a aponta da mecha enquanto você enrola o cacho, certo? Bem, meio certo… Isso porque, o cacho que está em alta, aquele cacho mais solto, despojado, com a ponta meio reta, deve ser feito sem usar o clip do bayliss, enrolando a mecha na haste com a própria mão, usando luvas de proteção. Resultado? O cacho fica bem mais lindo, bem mais moderno… Não é a toa que as versões de babyliss sem a haste ficaram tão famosas por aí…
Ta certo Elaine, então porque você não compra um babyliss sem clip? Eu até tenho, mas os babyliss que mais amo e uso vem com o danado do clip, e eu fico fazendo malabarismos pra conseguir o cacho ideal, me desviando do clip e ganhando algumas (muitas) queimaduras no processo…

babyliss-pro-nano-titanium-clip-clipless-2-in-1-styler-350x350
COM CLIP X SEM CLIP

Até que um dia estava de bobeira na internet e vi um vídeo de um hairstylist chamado Anh Co Tran fazendo cachos INCRÍVEIS usando sabe o que???? o clip do babyliss! Isso mesmo! Ahn é cabeleireiro queridinho das celebs e bloggers e desenvolveu essa técnica de fazer cachos usando o cllip do babyliss.  A técnica em si parece bem tranquila e o resultado são aqueles cachos bem soltos, cara de “acordei assim”, sabe… Corri na hora pra testar e adivinha só? AMEEEI! O processo todo é bem rápido e consiste em ir marcando cada parte da mecha com o clip do babyliss, alternando a direção do clip, ora pra cima, ora pra baixo. Alterne com cachos feitos de forma tradicional e também em sentidos opostos – rapidinho seu cabelo vai ter cachos incríveis!

Processed with MOLDIV
O CACHO DA VEZ É ASSIM – SOLTO E MEIO BAGUNÇADO

Não entendeu nadinha do que falei aí? kkk calma que tem vídeo do expert Anh ensinando sua técnica fácil fácil…. Vamos lá?

new.RIO 🎨: @johnnyramirez1 ✂: #anhcotran #nuwave #hairstyle #hairtutorial #ramireztransalon #beverlyhills #freshcolor #freshcut

A video posted by Los Angeles | NYC Hairstylist (@anhcotran) on

nu.WAVE @acommonname 🎨: @johnnyramirez1 ✂: #anhcotran Get the L👀K: 1. Prep damp hair with a pump of #tecniart #lisscontrol from @lorealpro for heat protectant and shine. Apply from mid shaft to ends. 2. Flip the head off and rough dry directionally. Then smooth ends with a paddle brush. 3. Once completely dry, start in the front with the #nuwave technique. Working from bottom to top and front to back. Working with an 1 1/2" mercel curling iron, alternate the wave inward and outward to create a #swave. 4. Optional, apply some #nextdayhair for texture and break it up. Or just leave it whole and conceal its with #infinium for hold. There you have it! ❤💋 #hairtist #hairmoment #ramireztransalon #beverlyhills #sponsoredbyloreapro #onlyinsalon #hairstyle #anhcotran

A video posted by Los Angeles | NYC Hairstylist (@anhcotran) on

Viram só? Basta ir “marcando” o cabelo com o clip do babyliss e ir alternando com cachos normais. Quem já ta doida pra testar??

 

Sim, os mules são a tendência da vez. E vieram pra ficar.

Eu já jurei várias vezes que nunca usaria muita coisa e acabei quebrando a cara depois. Já tô até acostumada, sempre que surge uma coisa nova que eu acho esquisito, torço o nariz, já sei que basta meu olho ir acostumando, vendo um look aqui e outro ali pra acabar me apaixonado pela tendência… mas, nesse caso, eu achava que ia ser diferente.

Vamos admitir que o sapato mule é uma figura controversa… Logo que eles voltaram a aparecer nas passarelas e nos looks de street style por aí, tive certeza que aquilo não ia pegar por motivos de muita feiura… mas… Vocês já sabem o resto da história, certo? Fui vendo um look legal ali, outro bacana acolá, mules diferentes, metalizadas, com bordadinhos e pronto! E se você ainda não se acostumou, pode ir treinando os olhos, porque mesmo que você não use, a chance de esbarrar com uma mule por aí será grande… elas vieram pra ficar.

Vamos começar com o modelo mais clássico?

Processed with MOLDIV

Processed with MOLDIV

Processed with MOLDIV

Essa é a imagem que vem na minha cabeça quando escuto a palavra “mule”. Salto médio, geralmente grosso, cores mais neutras, abertura pros dedo e peito do pé totalmente coberto. Por não deixar quase nada do peito do pé exposto, o mule acaba achatando muito as pernas, o que pode ser amenizado escolhendo uma opção num tom bem próximo ao da sua pele. O mule é considerad um sapato neutro, e pode ser usado com calças jeans, de preferência com barra dobradinha e também com saias e vestidos. Também fica legal em looks usando comprimentos alternativos, com a saia midi e a calca pantacourt, nunca esquecendo que esses comprimentos achatam e que o mule também achata, por isso, vale ter um pouco mais de cuidado antes de juntar essa dupla.

Mas, o que me fez cair de amores pelos mules não foram esses modelos ai de cima não, mas as versões repaginadas e mais modernas, a maioria desenhadas pela Gucci. Vamos ver?

Processed with MOLDIV

Processed with MOLDIV

A versão com salto traz um salto mais geométrico e o acabamento em tiras grossas entrelaçadas cobrindo o peito do pé. Além do modelo diferenciado, a sandália vem em várias alternativas de cores e algumas opções estampadas ou metalizadas. Fica muito legal com saia midi e com um jeans mais rasgadão e largado. Já comprei uma dourada, já chegou e já amei demais! Em breve posto look com ela por aqui.

Mas, a Gucci não parou por aí e lançou outro modelo de mule que está enlouquecendo as fashionistas por aí – o mule loafer.

Processed with MOLDIV

Processed with MOLDIV

A versão clássica em preto ou com alguns bordados já é sucesso total! Além de ser super confortável, o sapato vai bem com os mais variados looks, do shortinho jeans até uma composição com peças de alfaiataria. Além dessa versão, também existem modelos com estampas variadas, metalizados e a versão mais polêmica até agora – a peluda!

Processed with MOLDIV

Processed with MOLDIV

E aí? correr pra comprar ou deixar passar??